Como fazer a redação perfeita?

Exercitar a produção dos textos aumenta a chance dos estudantes nos vestibulares e no Enem

Com o obrigatório distanciamento social e a consequente adaptação ao ensino híbrido para evitar o contágio pela covid-19, a tecnologia tornou-se um dos principais recursos didáticos dos professores (e também dos estudantes). As escolas potencializaram seu uso para que o contato com os alunos continuasse, mesmo de modo virtual, e as parte das atividades fossem mantidas em casa.

Mesmo nesse ambiente, os jovens tem se dedicado ao aprendizado da redação, uma parte muito importante do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e dos vestibulares. Em cursos concorridos, por exemplo, muitas vezes, o texto é um fator de desempate.

A redação do Enem possui nota máxima de 1000 pontos. Diversos alunos do Ensino Médio da Escola Champagnat conquistaram resultados de grande destaque no último exame, com pontuações acima de 900.

De acordo com o diretor da Escola Champagnat, Gleison Gomes Pimentel, é essencial que os estudantes, inclusive, se preparem com antecedência para aumentar a chance de entrar nas universidades.

“A preparação antecipada é importante, pois o nervosismo pode atrapalhar o desenvolvimento da redação e até mesmo fazer com que o candidato perca um tempo precioso para responder questões de outras disciplinas contidas na prova”, explica o diretor.

Pimentel ainda explica que é importante os candidatos estudarem durante o ano todo sobre os tipos de textos exigidos nas provas, buscando se manterem informados sobre os acontecimentos cotidianos em todo o mundo.

A aluna Maria Eloísa dos Santos Lima, do 3º ano do Ensino Médio, da Escola Champagnat, teve um ótimo desempenho na redação do Enem. Ela explica que assistia a todas as aulas sobre o tema, fazia os textos solicitados pela professora da turma e, além disso, procurava por diversos vídeos no YouTube sobre redações com notas altas e sobre os critérios de correção dos avaliadores do Enem.  “Assistia também a documentários, séries e filmes para usar como repertório da minha redação e pesquisava agentes governamentais, como ministérios, secretarias e ONGs, que poderiam ser úteis na minha proposta de intervenção”, destaca.

A Escola Champagnat lista cinco dicas para que seja produzido um texto nota 1000:

  1. Leia a proposta da redação com todo cuidado: Para isso, é importante estar muito atento, mantendo a calma e a tranquilidade.
  2. Anote as ideias que ocorrem sobre o tema: Isso ajuda muito na sustentação da tese. Organize os argumentos dos mais simples para os mais complexos.
  3. Procure ser o mais claro possível: Questione se o texto está coeso e coerente.
  4. Na conclusão, no caso do Enem, é necessária uma proposta concreta, relacionada aos problemas discutidos no desenvolvimento do texto.
  5. Revise o texto antes de passar a limpo: erros gramaticais, trechos vagos e confusos. Verifique atentamente se está clara a questão proposta na prova.

Voltar